Como você sabe, você não deve armazenar senhas e outras informações sensíveis em texto. Uma boa prática é armazenar o hash MD5 dos dados.

Por exemplo, ao invés de armazenar a senha 1234 em texto, você armazenaria 81dc9bdb52d04dc20036dbd8313ed055. Depois para autenticar, basta gerar o hash MD5 do texto digitado pelo usuário e comparar os dois hashes.

Para aumentar a seguranca, você deve adicionar um salt antes de gerar o hash MD5. Um salt é uma pequena string contendo caracteres aleatórios que não é conhecida pelo usuário.